PROVEDOR ESCLARECE SOBRE A PROPOSTA DE CESSÃO DE USO DO ANEXO DO HSSR ONDE FUNCIONA O PSM

Recreio,MG - Em atenção à reportagem de OJR,M, na manhã de hoje (05/05/2016), o provedor do HSSR, Dr. Luiz Ronaldo , informou que , na última reunião da Câmara dos Vereadores, dia 25 , o que foi cogitado foi uma cessão de uso do espaço onde funciona o Pronto Socorro para que o Poder Público pudesse fazer um repasse de verba maior do que o proposto, pra cobrir realmente as despesas com a reforma do PSM. Ele frisou durante a entrevista concedida ao diretor de O JORNAL DE RECREIO,Minas ( OJR,M ) que essa proposta apresentada não é o de cessão do prédio, mas sim uma cessão de uso. O provedor explicou para o OJR,M  que na reunião da Câmara, na segunda-feira, da semana passada, essa sugestão foi apresentada depois que ficou constatado que o repasse de R$ 39.500,00 não é quantia suficiente para cobrir os gastos com a obra de reforma que foi exigida pelo Ministério Público. Ele lembrou , o que foi também falado na reunião, que , recentemente, para atender  também a  uma ordem judicial da Saúde Pública, pra instalação de um novo Centro Cirúrgico, atendendo também a uma exigência do MP, a prefeitura  arcou com R$ 35.000,00 e o Hospital entrou com R$ 10.000,00. “Sendo que o espaço do Pronto Socorro Municipal é de 180 m² , quase o dobro do espaço do CC, as despesas passarão dos R$ 45.000,00 e o HSSR  não tem como arcar com o compromisso de pagar o restante que tem que ser superior ao já investido no CC.”, ressaltou o Dr. Luiz Ronaldo.

“Pra cessão de uso do anexo do Hospital, onde funciona o PSM, para a Prefeitura Municipal, durante  um período predeterminado, conforme foi falado na reunião, eu não posso decidir sozinho, preciso antes, ouvir toda a diretoria e o Conselho Deliberativo da Fundação do Hospital São Sebastião de Recreio”, finalizou.

Veja como foi em O JORNAL DE RECREIO,Minas BLOG

Esta entrada foi publicada em NOTÍCIAS. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.